Novas receitas

Anthony Bourdain estreia novo guia digital de viagens

Anthony Bourdain estreia novo guia digital de viagens

O guia de viagens online é uma parceria editorial entre a CNN e o jornal independente Roads & Kingdoms

O guia cobre todos os lugares que Bourdain já viajou.

Em 2013, Anthony Bourdain fez parceria com a CNN para lançar o primeiro episódio de Partes Desconhecidas, um espetáculo dedicado a viagens e gastronomia. Agora, Bourdain inspirou um spinoff digital da série, Explore Parts Unknown.

"Eu não poderia estar mais orgulhoso ou animado sobre este incrível projeto de paixão finalmente chegando", disse Bourdain Condé Nast Traveller. "O que Roads & Kingdoms e CNN fizeram e farão juntas enriquece e expande Parts Unknown de maneiras novas e emocionantes com possibilidades infinitas."

O guia de viagens online visa permitir que os usuários mergulhem mais fundo nas excursões de Bourdain por meio de vídeos exclusivos, notas de campo e fichas técnicas para continuar a conversa após cada episódio, de acordo com CNN.

O site é dividido em quatro categorias, Eat, Drink, Know e Go, que cobrem tópicos na África, Ásia-Pacífico, Europa, Oriente Médio, América do Norte e América do Sul.

Os superfãs de Bourdain podem esperar um novo conteúdo disponível no site todas as quintas-feiras antes de um novo episódio de Partes Desconhecidas vai ao ar no domingo.

Para ler cerca de 18 coisas que você não sabia sobre Anthony Bourdain, clique aqui.


Anthony Bourdain acha que este aeroporto tem a melhor comida

O viajante favorito do mundo e seu principal evangelista do poder transformador de uma boa tigela de macarrão picante, Anthony Bourdain, tem sido um homem ocupado recentemente. Ele circulou fazendo entrevistas promovendo seu novo documentário aclamado pela crítica, O Último Magnífico, sobre o chef Jeremiah Tower, bem como se preparando para a estréia da próxima temporada de seu programa na CNN Partes Desconhecidas, que retorna à televisão no domingo, 30 de abril. Para esse fim, ele recentemente conversou com Nell McShane Wulfhart, do New York Times, para compartilhar algumas de suas dicas de viagem. Mas além dos itens que ele nunca vai para a estrada sem, ele também deixou cair algumas recomendações de comida de aeroporto. & # x201Crobably Changi Airport, em Cingapura, tem a melhor comida & # x201D, disse ele ao Times. & # x201Cit tem um centro de vendedores ambulantes para os funcionários que & # x2019s está aberto ao público. & # x201D As áreas de que Bourdain estava falando são conhecidas como cantinas para funcionários. Seu amor por barracas de vendedores ambulantes nos mercados asiáticos deve ser bem conhecido neste momento, já que ele as citou repetidamente como uma inspiração primária para seu mercado de alimentos em Nova York (que recentemente atingiu outro obstáculo, perdendo seu CEO).

Conforme relatado pela CNN no ano passado, as cantinas no aeroporto de Cingapura estiveram abertas ao público por décadas, mas aninhadas acima de um estacionamento e & # x201C no final de um corredor sujo & # x201D eles não tinham necessariamente tanto tráfego. Conforme o vice-presidente sênior de comunicações do aeroporto explicou à CNN, o aeroporto não achava que os viajantes estariam interessados ​​em comer lá. O aeroporto estava errado e agora, aparentemente, as pessoas que moram nas proximidades viajam para o aeroporto apenas para comer lá (há uma tendência que provavelmente não precisamos nos preocupar em invadir os Estados Unidos). Mas com o selo de aprovação público da Bourdain junto com o fato de eles servirem pratos de qualidade que desafiam a praça de alimentação do aeroporto por menos de cinco dólares, a popularidade desta seção do aeroporto quase certamente explodirá ainda mais.

No que diz respeito à comida de aeroporto, Bourdain também deu menção honrosa a Tóquio, que & # x201Cha um sushi bar perto dos portões que serve voos para os estados que & # x2019 é extraordinariamente bom para um restaurante de sushi em aeroporto. & # X201D Bom para sushi de aeroporto, não & # x2019t sempre significa muito, mas vindo de um cara com o tipo de opinião firme sobre sushi que Bourdain tem, definitivamente tem algum peso.

Se você não estiver viajando para Cingapura ou Tóquio em breve e quiser ver se há algo de bom no aeroporto em que você vai pousar, verifique nosso extenso guia de sobrevivência para jantares em aeroportos.


Anthony Bourdain acha que este aeroporto tem a melhor comida

O viajante favorito do mundo e seu principal evangelista do poder de alterar a vida de uma boa tigela de macarrão picante, Anthony Bourdain, tem sido um homem ocupado recentemente. Ele circulou fazendo entrevistas promovendo seu novo documentário aclamado pela crítica, O Último Magnífico, sobre o chef Jeremiah Tower, bem como se preparando para a estréia da próxima temporada de seu programa na CNN Partes Desconhecidas, que retorna à televisão no domingo, 30 de abril. Para esse fim, ele recentemente conversou com Nell McShane Wulfhart, do New York Times, para compartilhar algumas de suas dicas de viagem. Mas além dos itens que ele nunca vai para a estrada sem, ele também deixou cair algumas recomendações de comida de aeroporto. & # x201Crobably Changi Airport, em Cingapura, tem a melhor comida & # x201D, disse ele ao Times. & # x201Cit tem um centro de vendedores ambulantes para os funcionários que & # x2019s está aberto ao público. & # x201D As áreas de que Bourdain estava falando são conhecidas como cantinas para funcionários. Seu amor por barracas de vendedores ambulantes nos mercados asiáticos deve ser bem conhecido neste momento, já que ele as citou repetidamente como uma inspiração primária para seu mercado de alimentos de Nova York (que recentemente atingiu outro obstáculo, perdendo seu CEO).

Conforme relatado pela CNN no ano passado, as cantinas do aeroporto de Cingapura estiveram abertas ao público por décadas, mas aninhadas acima de um estacionamento e & # x201C no final de um corredor sujo & # x201D eles não tinham necessariamente tanto tráfego. Conforme explicou o vice-presidente sênior de comunicações do aeroporto à CNN, o aeroporto não achava que os viajantes estariam interessados ​​em comer lá. O aeroporto estava errado e agora, aparentemente, as pessoas que moram nas proximidades viajam para o aeroporto apenas para comer lá (há uma tendência que provavelmente não precisamos nos preocupar em invadir os Estados Unidos). Mas com o selo de aprovação público da Bourdain junto com o fato de eles servirem pratos de qualidade que desafiam a praça de alimentação do aeroporto por menos de cinco dólares, a popularidade desta seção do aeroporto quase certamente explodirá ainda mais.

No que diz respeito à comida de aeroporto, Bourdain também deu menção honrosa a Tóquio, que & # x201Cha um sushi bar perto dos portões que serve voos para os estados que & # x2019 é extraordinariamente bom para um restaurante de sushi em aeroporto. & # X201D Bom para sushi de aeroporto, não & # x2019t sempre significa muito, mas vindo de um cara com o tipo de opinião firme sobre sushi que Bourdain tem, definitivamente tem algum peso.

Se você não estiver viajando para Cingapura ou Tóquio em breve e quiser ver se há algo de bom no aeroporto em que você vai pousar, verifique nosso extenso guia de sobrevivência para jantares em aeroportos.


Anthony Bourdain acha que este aeroporto tem a melhor comida

O viajante favorito do mundo e seu principal evangelista do poder transformador de uma boa tigela de macarrão picante, Anthony Bourdain, tem sido um homem ocupado recentemente. Ele circulou fazendo entrevistas promovendo seu novo documentário aclamado pela crítica, O Último Magnífico, sobre o chef Jeremiah Tower, bem como se preparando para a estréia da próxima temporada de seu programa na CNN Partes Desconhecidas, que retorna à televisão no domingo, 30 de abril. Para esse fim, ele recentemente conversou com Nell McShane Wulfhart, do New York Times, para compartilhar algumas de suas dicas de viagem. Mas, além dos itens que ele nunca viaja sem, ele também deixou cair algumas recomendações de comida de aeroporto. & # x201Crobably Changi Airport, em Cingapura, tem a melhor comida & # x201D, disse ele ao Times. & # x201Cit tem um centro de vendedores ambulantes para os funcionários que & # x2019s abre ao público. & # x201D As áreas de que Bourdain estava falando são conhecidas como cantinas do pessoal. Seu amor por barracas de vendedores ambulantes nos mercados asiáticos deve ser bem conhecido neste momento, já que ele as citou repetidamente como uma inspiração primária para seu mercado de alimentos de Nova York (que recentemente atingiu outro obstáculo, perdendo seu CEO).

Conforme relatado pela CNN no ano passado, as cantinas do aeroporto de Cingapura estiveram abertas ao público por décadas, mas aninhadas acima de um estacionamento e & # x201C no final de um corredor sujo & # x201D eles não tinham necessariamente tanto tráfego. Conforme o vice-presidente sênior de comunicações do aeroporto explicou à CNN, o aeroporto não achava que os viajantes estariam interessados ​​em comer lá. O aeroporto estava errado e agora, aparentemente, as pessoas que moram nas proximidades viajam para o aeroporto apenas para comer lá (há uma tendência que provavelmente não precisamos nos preocupar em invadir os Estados Unidos). Mas com o selo de aprovação público da Bourdain junto com o fato de eles servirem pratos de qualidade que desafiam a praça de alimentação do aeroporto por menos de cinco dólares, a popularidade desta seção do aeroporto quase certamente explodirá ainda mais.

No que diz respeito à comida de aeroporto, Bourdain também deu menção honrosa a Tóquio, que & # x201Cha um sushi bar perto dos portões que serve voos para os estados que & # x2019 é extraordinariamente bom para um restaurante de sushi em aeroporto. & # X201D Bom para sushi de aeroporto, não & # x2019t sempre significa muito, mas vindo de um cara com o tipo de opinião firme sobre sushi que Bourdain tem, definitivamente tem algum peso.

Se você não estiver viajando para Cingapura ou Tóquio em breve e quiser ver se há algo de bom no aeroporto em que você vai pousar, verifique nosso extenso guia de sobrevivência para jantares em aeroportos.


Anthony Bourdain acha que este aeroporto tem a melhor comida

O viajante favorito do mundo e seu principal evangelista do poder transformador de uma boa tigela de macarrão picante, Anthony Bourdain, tem sido um homem ocupado recentemente. Ele circulou fazendo entrevistas promovendo seu novo documentário aclamado pela crítica, O Último Magnífico, sobre o chef Jeremiah Tower, bem como se preparando para a estréia da próxima temporada de seu programa na CNN Partes Desconhecidas, que retorna à televisão no domingo, 30 de abril. Para esse fim, ele recentemente conversou com Nell McShane Wulfhart, do New York Times, para compartilhar algumas de suas dicas de viagem. Mas além dos itens que ele nunca vai para a estrada sem, ele também deixou cair algumas recomendações de comida de aeroporto. & # x201Crobably Changi Airport, em Cingapura, tem a melhor comida & # x201D, disse ele ao Times. & # x201Cit tem um centro de vendedores ambulantes para os funcionários que & # x2019s está aberto ao público. & # x201D As áreas de que Bourdain estava falando são conhecidas como cantinas para funcionários. Seu amor por barracas de vendedores ambulantes nos mercados asiáticos deve ser bem conhecido neste momento, já que ele as citou repetidamente como uma inspiração primária para seu mercado de alimentos de Nova York (que recentemente atingiu outro obstáculo, perdendo seu CEO).

Conforme relatado pela CNN no ano passado, as cantinas do aeroporto de Cingapura estiveram abertas ao público por décadas, mas aninhadas acima de um estacionamento e & # x201C no final de um corredor sujo & # x201D eles não tinham necessariamente tanto tráfego. Conforme o vice-presidente sênior de comunicações do aeroporto explicou à CNN, o aeroporto não achava que os viajantes estariam interessados ​​em comer lá. O aeroporto estava errado e agora, aparentemente, as pessoas que moram nas proximidades viajam para o aeroporto apenas para comer lá (há uma tendência que provavelmente não precisamos nos preocupar em invadir os Estados Unidos). Mas com o selo de aprovação público Bourdain junto com o fato de que eles servem pratos de qualidade que desafiam a praça de alimentação do aeroporto por menos de cinco dólares, a popularidade desta seção do aeroporto quase certamente explodirá ainda mais.

No que diz respeito à comida de aeroporto, Bourdain também deu menção honrosa a Tóquio, que & # x201Cha um sushi bar perto dos portões que serve voos para os estados que & # x2019 é extraordinariamente bom para um restaurante de sushi em aeroporto. & # X201D Bom para sushi de aeroporto, não & # x2019t sempre significa muito, mas vindo de um cara com o tipo de opinião firme sobre sushi que Bourdain tem, definitivamente tem algum peso.

Se você não estiver viajando para Cingapura ou Tóquio em breve e quiser ver se há algo de bom no aeroporto em que você vai pousar, verifique nosso extenso guia de sobrevivência em jantares em aeroportos.


Anthony Bourdain acha que este aeroporto tem a melhor comida

O viajante favorito do mundo e seu principal evangelista do poder transformador de uma boa tigela de macarrão picante, Anthony Bourdain, tem sido um homem ocupado recentemente. Ele circulou fazendo entrevistas promovendo seu novo documentário aclamado pela crítica, O Último Magnífico, sobre o chef Jeremiah Tower, bem como se preparando para a estréia da próxima temporada de seu programa na CNN Partes Desconhecidas, que retorna à televisão no domingo, 30 de abril. Para esse fim, ele recentemente conversou com Nell McShane Wulfhart, do New York Times, para compartilhar algumas de suas dicas de viagem. Mas, além dos itens que ele nunca viaja sem, ele também deixou cair algumas recomendações de comida de aeroporto. & # x201Crobably Changi Airport, em Cingapura, tem a melhor comida & # x201D, disse ele ao Times. & # x201Cit tem um centro de vendedores ambulantes para os funcionários que & # x2019s está aberto ao público. & # x201D As áreas de que Bourdain estava falando são conhecidas como cantinas para funcionários. Seu amor por barracas de vendedores ambulantes nos mercados asiáticos deve ser bem conhecido neste momento, já que ele as citou repetidamente como uma inspiração primária para seu mercado de alimentos de Nova York (que recentemente atingiu outro obstáculo, perdendo seu CEO).

Conforme relatado pela CNN no ano passado, as cantinas do aeroporto de Cingapura estiveram abertas ao público por décadas, mas aninhadas acima de um estacionamento e & # x201C no final de um corredor sujo & # x201D eles não tinham necessariamente tanto tráfego. Conforme o vice-presidente sênior de comunicações do aeroporto explicou à CNN, o aeroporto não achava que os viajantes estariam interessados ​​em comer lá. O aeroporto estava errado e agora, aparentemente, as pessoas que moram nas proximidades viajam para o aeroporto apenas para comer lá (há uma tendência que provavelmente não precisamos nos preocupar em invadir os Estados Unidos). Mas com o selo de aprovação público da Bourdain junto com o fato de eles servirem pratos de qualidade que desafiam a praça de alimentação do aeroporto por menos de cinco dólares, a popularidade desta seção do aeroporto quase certamente explodirá ainda mais.

No que diz respeito à comida de aeroporto, Bourdain também deu menção honrosa a Tóquio, que & # x201Cha um sushi bar perto dos portões que serve voos para os estados que & # x2019 é extraordinariamente bom para um restaurante de sushi em aeroporto. & # X201D Bom para sushi de aeroporto, não & # x2019t sempre significa muito, mas vindo de um cara com o tipo de opinião firme sobre sushi que Bourdain tem, definitivamente tem algum peso.

Se você não estiver viajando para Cingapura ou Tóquio em breve e quiser ver se há algo de bom no aeroporto em que você vai pousar, verifique nosso extenso guia de sobrevivência para jantares em aeroportos.


Anthony Bourdain acha que este aeroporto tem a melhor comida

O viajante favorito do mundo e seu principal evangelista do poder de alterar a vida de uma boa tigela de macarrão picante, Anthony Bourdain, tem sido um homem ocupado recentemente. Ele circulou fazendo entrevistas promovendo seu novo documentário aclamado pela crítica, O Último Magnífico, sobre o chef Jeremiah Tower, bem como se preparando para a estréia da próxima temporada de seu programa na CNN Partes Desconhecidas, que retorna à televisão no domingo, 30 de abril. Para esse fim, ele recentemente conversou com Nell McShane Wulfhart, do New York Times, para compartilhar algumas de suas dicas de viagem. Mas além dos itens que ele nunca vai para a estrada sem, ele também deixou cair algumas recomendações de comida de aeroporto. & # x201Crobably Changi Airport, em Cingapura, tem a melhor comida & # x201D, disse ele ao Times. & # x201Cit tem um centro de vendedores ambulantes para os funcionários que & # x2019s está aberto ao público. & # x201D As áreas de que Bourdain estava falando são conhecidas como cantinas para funcionários. Seu amor por barracas de vendedores ambulantes nos mercados asiáticos deve ser bem conhecido neste momento, já que ele as citou repetidamente como uma inspiração primária para seu mercado de alimentos em Nova York (que recentemente atingiu outro obstáculo, perdendo seu CEO).

Conforme relatado pela CNN no ano passado, as cantinas no aeroporto de Cingapura estiveram abertas ao público por décadas, mas aninhadas acima de um estacionamento e & # x201C no final de um corredor sujo & # x201D eles não tinham necessariamente tanto tráfego. Conforme o vice-presidente sênior de comunicações do aeroporto explicou à CNN, o aeroporto não achava que os viajantes estariam interessados ​​em comer lá. O aeroporto estava errado e agora, aparentemente, as pessoas que moram nas proximidades viajam para o aeroporto apenas para comer lá (há uma tendência que provavelmente não precisamos nos preocupar em invadir os Estados Unidos). Mas com o selo de aprovação público Bourdain junto com o fato de que eles servem pratos de qualidade que desafiam a praça de alimentação do aeroporto por menos de cinco dólares, a popularidade desta seção do aeroporto quase certamente explodirá ainda mais.

No que diz respeito à comida de aeroporto, Bourdain também deu menção honrosa a Tóquio, que & # x201Cha um sushi bar perto dos portões que serve voos para os estados que & # x2019 é extraordinariamente bom para um restaurante de sushi em aeroporto. & # X201D Bom para sushi de aeroporto, não & # x2019t sempre significa muito, mas vindo de um cara com o tipo de opinião firme sobre sushi que Bourdain tem, definitivamente tem algum peso.

Se você não estiver viajando para Cingapura ou Tóquio em breve e quiser ver se há algo de bom no aeroporto em que você vai pousar, verifique nosso extenso guia de sobrevivência para jantares em aeroportos.


Anthony Bourdain acha que este aeroporto tem a melhor comida

O viajante favorito do mundo e seu principal evangelista do poder transformador de uma boa tigela de macarrão picante, Anthony Bourdain, tem sido um homem ocupado recentemente. Ele circulou fazendo entrevistas promovendo seu novo documentário aclamado pela crítica, O Último Magnífico, sobre o chef Jeremiah Tower, bem como se preparando para a estréia da próxima temporada de seu programa na CNN Partes Desconhecidas, que retorna à televisão no domingo, 30 de abril. Para esse fim, ele recentemente conversou com Nell McShane Wulfhart, do New York Times, para compartilhar algumas de suas dicas de viagem. Mas, além dos itens que ele nunca viaja sem, ele também deixou cair algumas recomendações de comida de aeroporto. & # x201Crobably Changi Airport, em Cingapura, tem a melhor comida & # x201D, disse ele ao Times. & # x201Cit tem um centro de vendedores ambulantes para os funcionários que & # x2019s está aberto ao público. & # x201D As áreas de que Bourdain estava falando são conhecidas como cantinas para funcionários. Seu amor por barracas de vendedores ambulantes nos mercados asiáticos deve ser bem conhecido neste momento, já que ele as citou repetidamente como uma inspiração primária para seu mercado de alimentos em Nova York (que recentemente atingiu outro obstáculo, perdendo seu CEO).

Conforme relatado pela CNN no ano passado, as cantinas no aeroporto de Cingapura estiveram abertas ao público por décadas, mas aninhadas acima de um estacionamento e & # x201C no final de um corredor sujo & # x201D eles não tinham necessariamente tanto tráfego. Conforme o vice-presidente sênior de comunicações do aeroporto explicou à CNN, o aeroporto não achava que os viajantes estariam interessados ​​em comer lá. O aeroporto estava errado e agora, aparentemente, as pessoas que moram nas proximidades viajam para o aeroporto apenas para comer lá (há uma tendência que provavelmente não precisamos nos preocupar em invadir os Estados Unidos). Mas com o selo de aprovação público da Bourdain junto com o fato de eles servirem pratos de qualidade que desafiam a praça de alimentação do aeroporto por menos de cinco dólares, a popularidade desta seção do aeroporto quase certamente explodirá ainda mais.

Quanto à comida de aeroporto, Bourdain também deu menção honrosa a Tóquio, que & # x201Cha um sushi bar bem perto dos portões que serve voos para os estados que & # x2019 é extraordinariamente bom para um restaurante de sushi em aeroporto. & # X201D Bom para sushi em aeroporto, não & # x2019t sempre significa muito, mas vindo de um cara com o tipo de opinião firme sobre sushi que Bourdain tem, definitivamente tem algum peso.

Se você não estiver viajando para Cingapura ou Tóquio em breve e quiser ver se há algo de bom no aeroporto em que você vai pousar, verifique nosso extenso guia de sobrevivência para jantares em aeroportos.


Anthony Bourdain acha que este aeroporto tem a melhor comida

O viajante favorito do mundo e seu principal evangelista do poder de alterar a vida de uma boa tigela de macarrão picante, Anthony Bourdain, tem sido um homem ocupado recentemente. Ele circulou fazendo entrevistas promovendo seu novo documentário aclamado pela crítica, O Último Magnífico, sobre o chef Jeremiah Tower, bem como se preparando para a estréia da próxima temporada de seu programa na CNN Partes Desconhecidas, que retorna à televisão no domingo, 30 de abril. Para esse fim, ele recentemente conversou com Nell McShane Wulfhart, do New York Times, para compartilhar algumas de suas dicas de viagem. Mas, além dos itens que ele nunca viaja sem, ele também deixou cair algumas recomendações de comida de aeroporto. & # x201Crobably Changi Airport, em Cingapura, tem a melhor comida & # x201D, disse ele ao Times. & # x201Cit tem um centro de vendedores ambulantes para os funcionários que & # x2019s está aberto ao público. & # x201D As áreas de que Bourdain estava falando são conhecidas como cantinas para funcionários. Seu amor por barracas de vendedores ambulantes nos mercados asiáticos deve ser bem conhecido neste momento, já que ele as citou repetidamente como uma inspiração primária para seu mercado de alimentos de Nova York (que recentemente atingiu outro obstáculo, perdendo seu CEO).

Conforme relatado pela CNN no ano passado, as cantinas no aeroporto de Cingapura estiveram abertas ao público por décadas, mas aninhadas acima de um estacionamento e & # x201C no final de um corredor sujo & # x201D eles não tinham necessariamente tanto tráfego. Conforme o vice-presidente sênior de comunicações do aeroporto explicou à CNN, o aeroporto não achava que os viajantes estariam interessados ​​em comer lá. O aeroporto estava errado e agora, aparentemente, as pessoas que moram nas proximidades viajam para o aeroporto apenas para comer lá (há uma tendência que provavelmente não precisamos nos preocupar em invadir os Estados Unidos). Mas com o selo de aprovação público Bourdain junto com o fato de que eles servem pratos de qualidade que desafiam a praça de alimentação do aeroporto por menos de cinco dólares, a popularidade desta seção do aeroporto quase certamente explodirá ainda mais.

No que diz respeito à comida de aeroporto, Bourdain também deu menção honrosa a Tóquio, que & # x201Cha um sushi bar perto dos portões que serve voos para os estados que & # x2019 é extraordinariamente bom para um restaurante de sushi em aeroporto. & # X201D Bom para sushi de aeroporto, não & # x2019t sempre significa muito, mas vindo de um cara com o tipo de opinião firme sobre sushi que Bourdain tem, definitivamente tem algum peso.

Se você não estiver viajando para Cingapura ou Tóquio em breve e quiser ver se há algo de bom no aeroporto em que você vai pousar, verifique nosso extenso guia de sobrevivência para jantares em aeroportos.


Anthony Bourdain acha que este aeroporto tem a melhor comida

O viajante favorito do mundo e seu principal evangelista do poder transformador de uma boa tigela de macarrão picante, Anthony Bourdain, tem sido um homem ocupado recentemente. Ele circulou fazendo entrevistas promovendo seu novo documentário aclamado pela crítica, O Último Magnífico, sobre o chef Jeremiah Tower, bem como se preparando para a estréia da próxima temporada de seu programa na CNN Partes Desconhecidas, que retorna à televisão no domingo, 30 de abril. Para esse fim, ele recentemente conversou com Nell McShane Wulfhart, do New York Times, para compartilhar algumas de suas dicas de viagem. Mas, além dos itens que ele nunca viaja sem, ele também deixou cair algumas recomendações de comida de aeroporto. & # x201Crobably Changi Airport, em Cingapura, tem a melhor comida & # x201D, disse ele ao Times. & # x201Cit tem um centro de vendedores ambulantes para os funcionários que & # x2019s está aberto ao público. & # x201D As áreas de que Bourdain estava falando são conhecidas como cantinas para funcionários. Seu amor por barracas de vendedores ambulantes nos mercados asiáticos deve ser bem conhecido neste momento, já que ele as citou repetidamente como uma inspiração primária para seu mercado de alimentos em Nova York (que recentemente atingiu outro obstáculo, perdendo seu CEO).

Conforme relatado pela CNN no ano passado, as cantinas do aeroporto de Cingapura estiveram abertas ao público por décadas, mas aninhadas acima de um estacionamento e & # x201C no final de um corredor sujo & # x201D eles não tinham necessariamente tanto tráfego. Conforme explicou o vice-presidente sênior de comunicações do aeroporto à CNN, o aeroporto não achava que os viajantes estariam interessados ​​em comer lá. O aeroporto estava errado e agora, aparentemente, as pessoas que moram nas proximidades viajam para o aeroporto apenas para comer lá (há uma tendência que provavelmente não precisamos nos preocupar em invadir os Estados Unidos). Mas com o selo de aprovação público da Bourdain junto com o fato de eles servirem pratos de qualidade que desafiam a praça de alimentação do aeroporto por menos de cinco dólares, a popularidade desta seção do aeroporto quase certamente explodirá ainda mais.

Quanto à comida de aeroporto, Bourdain também deu menção honrosa a Tóquio, que & # x201Cha um sushi bar bem perto dos portões que serve voos para os estados que & # x2019 é extraordinariamente bom para um restaurante de sushi em aeroporto. & # X201D Bom para sushi em aeroporto, não & # x2019t sempre significa muito, mas vindo de um cara com o tipo de opinião firme sobre sushi que Bourdain tem, definitivamente tem algum peso.

Se você não estiver viajando para Cingapura ou Tóquio em breve e quiser ver se há algo de bom no aeroporto em que você vai pousar, verifique nosso extenso guia de sobrevivência para jantares em aeroportos.


Anthony Bourdain acha que este aeroporto tem a melhor comida

O viajante favorito do mundo e seu principal evangelista do poder transformador de uma boa tigela de macarrão picante, Anthony Bourdain, tem sido um homem ocupado recentemente. Ele circulou fazendo entrevistas promovendo seu novo documentário aclamado pela crítica, O Último Magnífico, sobre o chef Jeremiah Tower, bem como se preparando para a estréia da próxima temporada de seu programa na CNN Partes Desconhecidas, que retorna à televisão no domingo, 30 de abril. Para esse fim, ele recentemente conversou com Nell McShane Wulfhart, do New York Times, para compartilhar algumas de suas dicas de viagem. Mas além dos itens que ele nunca vai para a estrada sem, ele também deixou cair algumas recomendações de comida de aeroporto. & # x201Crobably Changi Airport, em Cingapura, tem a melhor comida & # x201D, disse ele ao Times. & # x201Cit tem um centro de vendedores ambulantes para os funcionários que & # x2019s abre ao público. & # x201D As áreas de que Bourdain estava falando são conhecidas como cantinas do pessoal. Seu amor por barracas de vendedores ambulantes nos mercados asiáticos deve ser bem conhecido neste momento, já que ele as citou repetidamente como uma inspiração primária para seu mercado de alimentos de Nova York (que recentemente atingiu outro obstáculo, perdendo seu CEO).

Conforme relatado pela CNN no ano passado, as cantinas do aeroporto de Cingapura estiveram abertas ao público por décadas, mas aninhadas acima de um estacionamento e & # x201C no final de um corredor sujo & # x201D eles não tinham necessariamente tanto tráfego. Conforme explicou o vice-presidente sênior de comunicações do aeroporto à CNN, o aeroporto não achava que os viajantes estariam interessados ​​em comer lá. O aeroporto estava errado e agora, aparentemente, as pessoas que moram nas proximidades viajam para o aeroporto apenas para comer lá (há uma tendência que provavelmente não precisamos nos preocupar em invadir os Estados Unidos). Mas com o selo de aprovação público da Bourdain junto com o fato de eles servirem pratos de qualidade que desafiam a praça de alimentação do aeroporto por menos de cinco dólares, a popularidade desta seção do aeroporto quase certamente explodirá ainda mais.

Quanto à comida de aeroporto, Bourdain também deu menção honrosa a Tóquio, que & # x201Cha um sushi bar bem perto dos portões que serve voos para os estados que & # x2019 é extraordinariamente bom para um restaurante de sushi em aeroporto. & # X201D Bom para sushi em aeroporto, não & # x2019t sempre significa muito, mas vindo de um cara com o tipo de opinião firme sobre sushi que Bourdain tem, definitivamente tem algum peso.

Se você não estiver viajando para Cingapura ou Tóquio em breve e quiser ver se há algo de bom no aeroporto em que você vai pousar, verifique nosso extenso guia de sobrevivência para jantares em aeroportos.


Anthony Bourdain acha que este aeroporto tem a melhor comida

O viajante favorito do mundo e seu principal evangelista do poder transformador de uma boa tigela de macarrão picante, Anthony Bourdain, tem sido um homem ocupado recentemente. Ele circulou fazendo entrevistas promovendo seu novo documentário aclamado pela crítica, O Último Magnífico, sobre o chef Jeremiah Tower, bem como se preparando para a estréia da próxima temporada de seu programa na CNN Partes Desconhecidas, que retorna à televisão no domingo, 30 de abril. Para esse fim, ele recentemente conversou com Nell McShane Wulfhart, do New York Times, para compartilhar algumas de suas dicas de viagem. Mas além dos itens que ele nunca vai para a estrada sem, ele também deixou cair algumas recomendações de comida de aeroporto. & # x201Crobably Changi Airport, em Cingapura, tem a melhor comida & # x201D, disse ele ao Times. & # x201Cit tem um centro de vendedores ambulantes para os funcionários que & # x2019s está aberto ao público. & # x201D As áreas de que Bourdain estava falando são conhecidas como cantinas para funcionários. Seu amor por barracas de vendedores ambulantes nos mercados asiáticos deve ser bem conhecido neste momento, já que ele as citou repetidamente como uma inspiração primária para seu mercado de alimentos em Nova York (que recentemente atingiu outro obstáculo, perdendo seu CEO).

Conforme relatado pela CNN no ano passado, as cantinas no aeroporto de Cingapura estiveram abertas ao público por décadas, mas aninhadas acima de um estacionamento e & # x201C no final de um corredor sujo & # x201D eles não tinham necessariamente tanto tráfego. Conforme explicou o vice-presidente sênior de comunicações do aeroporto à CNN, o aeroporto não achava que os viajantes estariam interessados ​​em comer lá. O aeroporto estava errado e agora, aparentemente, as pessoas que moram nas proximidades viajam para o aeroporto apenas para comer lá (há uma tendência que provavelmente não precisamos nos preocupar em invadir os Estados Unidos). Mas com o selo de aprovação público da Bourdain junto com o fato de eles servirem pratos de qualidade que desafiam a praça de alimentação do aeroporto por menos de cinco dólares, a popularidade desta seção do aeroporto quase certamente explodirá ainda mais.

No que diz respeito à comida de aeroporto, Bourdain também deu menção honrosa a Tóquio, que & # x201Cha um sushi bar perto dos portões que serve voos para os estados que & # x2019 é extraordinariamente bom para um restaurante de sushi em aeroporto. & # X201D Bom para sushi em aeroporto, não & # x2019t sempre significa muito, mas vindo de um cara com o tipo de opinião firme sobre sushi que Bourdain tem, definitivamente tem algum peso.

If you’re not travelling to Singapore or Tokyo anytime soon and want to see if there’s anything good at the airport you’ll be landing at, check out our extensive airport dining survival guide.


Anthony Bourdain Thinks This Airport Has the Best Food

The world’s favorite traveler and its premiere evangelist for the life altering power of a good bowl of spicy noodles, Anthony Bourdain, has been a busy man recently. He has made the rounds doing interviews promoting his new critically acclaimed documentary, The Last Magnificent, about chef Jeremiah Tower, as well as gearing up for the upcoming season premiere of his CNN show Parts Unknown, which returns to television Sunday, April 30. To that end, he took some time to chat with Nell McShane Wulfhart of the New York Times recently to share some of his travel tips. But in addition to the items he never heads on the road without he also dropped some airport food recommendations. “Probably Changi Airport in Singapore has the best food,” he told the Times. “It has a hawker center for the employees that’s open to the public.” The areas Bourdain was talking about are known as the staff canteens. His love of hawker stalls at Asian markets should be well known at this point as he has repeatedly cited them as a primary inspiration for his New York food market (which has recently hit another snag, losing its CEO).

As CNN reported last year, the canteens at the Singapore airport have been open to the public for decades, but tucked away above a parking lot and 𠇊t the end of a dingy corridor” they didn’t necessarily get that much traffic. As senior vice president of communications for the airport explained to CNN, the airport didn’t think travelers would be interested in eating there. The airport was wrong though and now apparently people who live nearby travel to the airport just to eat there (there’s one trend we probably don’t have to worry about invading the United States). But with the public Bourdain seal of approval coupled with the fact that they serve dishes of airport food court-defying quality for less than five bucks, the popularity of this section of the airport will almost certainly explode even more.

As far as airport food Bourdain also gave honorable mention to Tokyo, which “has a sushi bar right near the gates serving flights to the states that’s extraordinarily good for an airport sushi place.” Good for airport sushi doesn’t always mean much, but coming from a guy with the sorts of firm sushi opinions that Bourdain has, it definitely carries some weight.

If you’re not travelling to Singapore or Tokyo anytime soon and want to see if there’s anything good at the airport you’ll be landing at, check out our extensive airport dining survival guide.


Anthony Bourdain Thinks This Airport Has the Best Food

The world’s favorite traveler and its premiere evangelist for the life altering power of a good bowl of spicy noodles, Anthony Bourdain, has been a busy man recently. He has made the rounds doing interviews promoting his new critically acclaimed documentary, The Last Magnificent, about chef Jeremiah Tower, as well as gearing up for the upcoming season premiere of his CNN show Parts Unknown, which returns to television Sunday, April 30. To that end, he took some time to chat with Nell McShane Wulfhart of the New York Times recently to share some of his travel tips. But in addition to the items he never heads on the road without he also dropped some airport food recommendations. “Probably Changi Airport in Singapore has the best food,” he told the Times. “It has a hawker center for the employees that’s open to the public.” The areas Bourdain was talking about are known as the staff canteens. His love of hawker stalls at Asian markets should be well known at this point as he has repeatedly cited them as a primary inspiration for his New York food market (which has recently hit another snag, losing its CEO).

As CNN reported last year, the canteens at the Singapore airport have been open to the public for decades, but tucked away above a parking lot and 𠇊t the end of a dingy corridor” they didn’t necessarily get that much traffic. As senior vice president of communications for the airport explained to CNN, the airport didn’t think travelers would be interested in eating there. The airport was wrong though and now apparently people who live nearby travel to the airport just to eat there (there’s one trend we probably don’t have to worry about invading the United States). But with the public Bourdain seal of approval coupled with the fact that they serve dishes of airport food court-defying quality for less than five bucks, the popularity of this section of the airport will almost certainly explode even more.

As far as airport food Bourdain also gave honorable mention to Tokyo, which “has a sushi bar right near the gates serving flights to the states that’s extraordinarily good for an airport sushi place.” Good for airport sushi doesn’t always mean much, but coming from a guy with the sorts of firm sushi opinions that Bourdain has, it definitely carries some weight.

If you’re not travelling to Singapore or Tokyo anytime soon and want to see if there’s anything good at the airport you’ll be landing at, check out our extensive airport dining survival guide.


Anthony Bourdain Thinks This Airport Has the Best Food

The world’s favorite traveler and its premiere evangelist for the life altering power of a good bowl of spicy noodles, Anthony Bourdain, has been a busy man recently. He has made the rounds doing interviews promoting his new critically acclaimed documentary, The Last Magnificent, about chef Jeremiah Tower, as well as gearing up for the upcoming season premiere of his CNN show Parts Unknown, which returns to television Sunday, April 30. To that end, he took some time to chat with Nell McShane Wulfhart of the New York Times recently to share some of his travel tips. But in addition to the items he never heads on the road without he also dropped some airport food recommendations. “Probably Changi Airport in Singapore has the best food,” he told the Times. “It has a hawker center for the employees that’s open to the public.” The areas Bourdain was talking about are known as the staff canteens. His love of hawker stalls at Asian markets should be well known at this point as he has repeatedly cited them as a primary inspiration for his New York food market (which has recently hit another snag, losing its CEO).

As CNN reported last year, the canteens at the Singapore airport have been open to the public for decades, but tucked away above a parking lot and 𠇊t the end of a dingy corridor” they didn’t necessarily get that much traffic. As senior vice president of communications for the airport explained to CNN, the airport didn’t think travelers would be interested in eating there. The airport was wrong though and now apparently people who live nearby travel to the airport just to eat there (there’s one trend we probably don’t have to worry about invading the United States). But with the public Bourdain seal of approval coupled with the fact that they serve dishes of airport food court-defying quality for less than five bucks, the popularity of this section of the airport will almost certainly explode even more.

As far as airport food Bourdain also gave honorable mention to Tokyo, which “has a sushi bar right near the gates serving flights to the states that’s extraordinarily good for an airport sushi place.” Good for airport sushi doesn’t always mean much, but coming from a guy with the sorts of firm sushi opinions that Bourdain has, it definitely carries some weight.

If you’re not travelling to Singapore or Tokyo anytime soon and want to see if there’s anything good at the airport you’ll be landing at, check out our extensive airport dining survival guide.


Anthony Bourdain Thinks This Airport Has the Best Food

The world’s favorite traveler and its premiere evangelist for the life altering power of a good bowl of spicy noodles, Anthony Bourdain, has been a busy man recently. He has made the rounds doing interviews promoting his new critically acclaimed documentary, The Last Magnificent, about chef Jeremiah Tower, as well as gearing up for the upcoming season premiere of his CNN show Parts Unknown, which returns to television Sunday, April 30. To that end, he took some time to chat with Nell McShane Wulfhart of the New York Times recently to share some of his travel tips. But in addition to the items he never heads on the road without he also dropped some airport food recommendations. “Probably Changi Airport in Singapore has the best food,” he told the Times. “It has a hawker center for the employees that’s open to the public.” The areas Bourdain was talking about are known as the staff canteens. His love of hawker stalls at Asian markets should be well known at this point as he has repeatedly cited them as a primary inspiration for his New York food market (which has recently hit another snag, losing its CEO).

As CNN reported last year, the canteens at the Singapore airport have been open to the public for decades, but tucked away above a parking lot and 𠇊t the end of a dingy corridor” they didn’t necessarily get that much traffic. As senior vice president of communications for the airport explained to CNN, the airport didn’t think travelers would be interested in eating there. The airport was wrong though and now apparently people who live nearby travel to the airport just to eat there (there’s one trend we probably don’t have to worry about invading the United States). But with the public Bourdain seal of approval coupled with the fact that they serve dishes of airport food court-defying quality for less than five bucks, the popularity of this section of the airport will almost certainly explode even more.

As far as airport food Bourdain also gave honorable mention to Tokyo, which “has a sushi bar right near the gates serving flights to the states that’s extraordinarily good for an airport sushi place.” Good for airport sushi doesn’t always mean much, but coming from a guy with the sorts of firm sushi opinions that Bourdain has, it definitely carries some weight.

If you’re not travelling to Singapore or Tokyo anytime soon and want to see if there’s anything good at the airport you’ll be landing at, check out our extensive airport dining survival guide.


Anthony Bourdain Thinks This Airport Has the Best Food

The world’s favorite traveler and its premiere evangelist for the life altering power of a good bowl of spicy noodles, Anthony Bourdain, has been a busy man recently. He has made the rounds doing interviews promoting his new critically acclaimed documentary, The Last Magnificent, about chef Jeremiah Tower, as well as gearing up for the upcoming season premiere of his CNN show Parts Unknown, which returns to television Sunday, April 30. To that end, he took some time to chat with Nell McShane Wulfhart of the New York Times recently to share some of his travel tips. But in addition to the items he never heads on the road without he also dropped some airport food recommendations. “Probably Changi Airport in Singapore has the best food,” he told the Times. “It has a hawker center for the employees that’s open to the public.” The areas Bourdain was talking about are known as the staff canteens. His love of hawker stalls at Asian markets should be well known at this point as he has repeatedly cited them as a primary inspiration for his New York food market (which has recently hit another snag, losing its CEO).

As CNN reported last year, the canteens at the Singapore airport have been open to the public for decades, but tucked away above a parking lot and 𠇊t the end of a dingy corridor” they didn’t necessarily get that much traffic. As senior vice president of communications for the airport explained to CNN, the airport didn’t think travelers would be interested in eating there. The airport was wrong though and now apparently people who live nearby travel to the airport just to eat there (there’s one trend we probably don’t have to worry about invading the United States). But with the public Bourdain seal of approval coupled with the fact that they serve dishes of airport food court-defying quality for less than five bucks, the popularity of this section of the airport will almost certainly explode even more.

As far as airport food Bourdain also gave honorable mention to Tokyo, which “has a sushi bar right near the gates serving flights to the states that’s extraordinarily good for an airport sushi place.” Good for airport sushi doesn’t always mean much, but coming from a guy with the sorts of firm sushi opinions that Bourdain has, it definitely carries some weight.

If you’re not travelling to Singapore or Tokyo anytime soon and want to see if there’s anything good at the airport you’ll be landing at, check out our extensive airport dining survival guide.


Anthony Bourdain Thinks This Airport Has the Best Food

The world’s favorite traveler and its premiere evangelist for the life altering power of a good bowl of spicy noodles, Anthony Bourdain, has been a busy man recently. He has made the rounds doing interviews promoting his new critically acclaimed documentary, The Last Magnificent, about chef Jeremiah Tower, as well as gearing up for the upcoming season premiere of his CNN show Parts Unknown, which returns to television Sunday, April 30. To that end, he took some time to chat with Nell McShane Wulfhart of the New York Times recently to share some of his travel tips. But in addition to the items he never heads on the road without he also dropped some airport food recommendations. “Probably Changi Airport in Singapore has the best food,” he told the Times. “It has a hawker center for the employees that’s open to the public.” The areas Bourdain was talking about are known as the staff canteens. His love of hawker stalls at Asian markets should be well known at this point as he has repeatedly cited them as a primary inspiration for his New York food market (which has recently hit another snag, losing its CEO).

As CNN reported last year, the canteens at the Singapore airport have been open to the public for decades, but tucked away above a parking lot and 𠇊t the end of a dingy corridor” they didn’t necessarily get that much traffic. As senior vice president of communications for the airport explained to CNN, the airport didn’t think travelers would be interested in eating there. The airport was wrong though and now apparently people who live nearby travel to the airport just to eat there (there’s one trend we probably don’t have to worry about invading the United States). But with the public Bourdain seal of approval coupled with the fact that they serve dishes of airport food court-defying quality for less than five bucks, the popularity of this section of the airport will almost certainly explode even more.

As far as airport food Bourdain also gave honorable mention to Tokyo, which “has a sushi bar right near the gates serving flights to the states that’s extraordinarily good for an airport sushi place.” Good for airport sushi doesn’t always mean much, but coming from a guy with the sorts of firm sushi opinions that Bourdain has, it definitely carries some weight.

If you’re not travelling to Singapore or Tokyo anytime soon and want to see if there’s anything good at the airport you’ll be landing at, check out our extensive airport dining survival guide.


Anthony Bourdain Thinks This Airport Has the Best Food

The world’s favorite traveler and its premiere evangelist for the life altering power of a good bowl of spicy noodles, Anthony Bourdain, has been a busy man recently. He has made the rounds doing interviews promoting his new critically acclaimed documentary, The Last Magnificent, about chef Jeremiah Tower, as well as gearing up for the upcoming season premiere of his CNN show Parts Unknown, which returns to television Sunday, April 30. To that end, he took some time to chat with Nell McShane Wulfhart of the New York Times recently to share some of his travel tips. But in addition to the items he never heads on the road without he also dropped some airport food recommendations. “Probably Changi Airport in Singapore has the best food,” he told the Times. “It has a hawker center for the employees that’s open to the public.” The areas Bourdain was talking about are known as the staff canteens. His love of hawker stalls at Asian markets should be well known at this point as he has repeatedly cited them as a primary inspiration for his New York food market (which has recently hit another snag, losing its CEO).

As CNN reported last year, the canteens at the Singapore airport have been open to the public for decades, but tucked away above a parking lot and 𠇊t the end of a dingy corridor” they didn’t necessarily get that much traffic. As senior vice president of communications for the airport explained to CNN, the airport didn’t think travelers would be interested in eating there. The airport was wrong though and now apparently people who live nearby travel to the airport just to eat there (there’s one trend we probably don’t have to worry about invading the United States). But with the public Bourdain seal of approval coupled with the fact that they serve dishes of airport food court-defying quality for less than five bucks, the popularity of this section of the airport will almost certainly explode even more.

As far as airport food Bourdain also gave honorable mention to Tokyo, which “has a sushi bar right near the gates serving flights to the states that’s extraordinarily good for an airport sushi place.” Good for airport sushi doesn’t always mean much, but coming from a guy with the sorts of firm sushi opinions that Bourdain has, it definitely carries some weight.

If you’re not travelling to Singapore or Tokyo anytime soon and want to see if there’s anything good at the airport you’ll be landing at, check out our extensive airport dining survival guide.


Anthony Bourdain Thinks This Airport Has the Best Food

The world’s favorite traveler and its premiere evangelist for the life altering power of a good bowl of spicy noodles, Anthony Bourdain, has been a busy man recently. He has made the rounds doing interviews promoting his new critically acclaimed documentary, The Last Magnificent, about chef Jeremiah Tower, as well as gearing up for the upcoming season premiere of his CNN show Parts Unknown, which returns to television Sunday, April 30. To that end, he took some time to chat with Nell McShane Wulfhart of the New York Times recently to share some of his travel tips. But in addition to the items he never heads on the road without he also dropped some airport food recommendations. “Probably Changi Airport in Singapore has the best food,” he told the Times. “It has a hawker center for the employees that’s open to the public.” The areas Bourdain was talking about are known as the staff canteens. His love of hawker stalls at Asian markets should be well known at this point as he has repeatedly cited them as a primary inspiration for his New York food market (which has recently hit another snag, losing its CEO).

As CNN reported last year, the canteens at the Singapore airport have been open to the public for decades, but tucked away above a parking lot and 𠇊t the end of a dingy corridor” they didn’t necessarily get that much traffic. As senior vice president of communications for the airport explained to CNN, the airport didn’t think travelers would be interested in eating there. The airport was wrong though and now apparently people who live nearby travel to the airport just to eat there (there’s one trend we probably don’t have to worry about invading the United States). But with the public Bourdain seal of approval coupled with the fact that they serve dishes of airport food court-defying quality for less than five bucks, the popularity of this section of the airport will almost certainly explode even more.

As far as airport food Bourdain also gave honorable mention to Tokyo, which “has a sushi bar right near the gates serving flights to the states that’s extraordinarily good for an airport sushi place.” Good for airport sushi doesn’t always mean much, but coming from a guy with the sorts of firm sushi opinions that Bourdain has, it definitely carries some weight.

If you’re not travelling to Singapore or Tokyo anytime soon and want to see if there’s anything good at the airport you’ll be landing at, check out our extensive airport dining survival guide.


Anthony Bourdain Thinks This Airport Has the Best Food

The world’s favorite traveler and its premiere evangelist for the life altering power of a good bowl of spicy noodles, Anthony Bourdain, has been a busy man recently. He has made the rounds doing interviews promoting his new critically acclaimed documentary, The Last Magnificent, about chef Jeremiah Tower, as well as gearing up for the upcoming season premiere of his CNN show Parts Unknown, which returns to television Sunday, April 30. To that end, he took some time to chat with Nell McShane Wulfhart of the New York Times recently to share some of his travel tips. But in addition to the items he never heads on the road without he also dropped some airport food recommendations. “Probably Changi Airport in Singapore has the best food,” he told the Times. “It has a hawker center for the employees that’s open to the public.” The areas Bourdain was talking about are known as the staff canteens. His love of hawker stalls at Asian markets should be well known at this point as he has repeatedly cited them as a primary inspiration for his New York food market (which has recently hit another snag, losing its CEO).

As CNN reported last year, the canteens at the Singapore airport have been open to the public for decades, but tucked away above a parking lot and 𠇊t the end of a dingy corridor” they didn’t necessarily get that much traffic. As senior vice president of communications for the airport explained to CNN, the airport didn’t think travelers would be interested in eating there. The airport was wrong though and now apparently people who live nearby travel to the airport just to eat there (there’s one trend we probably don’t have to worry about invading the United States). But with the public Bourdain seal of approval coupled with the fact that they serve dishes of airport food court-defying quality for less than five bucks, the popularity of this section of the airport will almost certainly explode even more.

As far as airport food Bourdain also gave honorable mention to Tokyo, which “has a sushi bar right near the gates serving flights to the states that’s extraordinarily good for an airport sushi place.” Good for airport sushi doesn’t always mean much, but coming from a guy with the sorts of firm sushi opinions that Bourdain has, it definitely carries some weight.

If you’re not travelling to Singapore or Tokyo anytime soon and want to see if there’s anything good at the airport you’ll be landing at, check out our extensive airport dining survival guide.


Assista o vídeo: Bourdain Porto (Dezembro 2021).